Paris, você não pode deixar de conhecer!

Paris é um dos destinos mais desejados por turistas do mundo inteiro. E não é à toa:

Em primeiro lugar, Paris é uma das cidades mais bonitas do mundo. Além dos cartões postais mais famosos (como a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, a Notre Dame e a Sacré Coeur), a cidade surpreende a cada esquina com suas pontes, ilhas, praças, parques, fachadas e monumentos, todo o conjunto preservado como se fosse um cenário de teatro. Uma boa dica para você apreciar a beleza da cidade é andar de barco pelo Sena à noite. O programa é horrivelmente turístico, mas é lindo. Paris, com suas pontes e monumentos iluminados, é um grande momento de prazer.

Outra vantagem é o fato de a cidade ser pequena e plana. Paris tem 105 quilômetros quadrados contra 889 de Berlim e 1.579 de Londres. Qualquer ponto está a menos de 5km da pirâmide do Louvre. Por isso, é possível descobrir suas belezas e segredos a pé, flanando devagarzinho por suas charmosas ruas. Quando o cansaço chegar ou a fome bater, você vai poder se sentar em um dos inúmeros e excelentes cafés ou bitrôs da cidade e, sem pressa, pedir uma coupe de champagne e deixar o tempo passar enquanto observa o movimento dos parisienses na rua. Ou, se preferir, você poderá optar por um programa típico dos franceses: comprar uma baguete, queijos e vinho e fazer um pic nic sentado na grama de um dos lindos parques da cidade.

Arco do Triunfo

Além da beleza, Paris surpreende pela sua diversidade. Cada bairro tem sua própria personalidade, moldada pelos moradores. Em linhas gerais, o parisiense rico frequenta os bairros 6, 7, 8 e 16. Os chineses, o 13; os africanos, o 18 e o 19; os jovens, o 3, 4 e 11; a classe média tradicional o 14 e 15 e assim por diante. Às vezes, basta atravessar uma avenida para passar de um mundo a outro. Montmartre, o bairro 18, possui personalidade forte e diferente de todos os outros. Uns adoram e outros detestam esta área. Eu não moraria ali nunca, mas gosto de passear pelas suas ruelas com aspecto de cidade do interior ou de me divertir na sua parte boêmia, chamada Pigale.

Temos ainda os museus… O Louvre é o maior e o mais conhecido. Lá, você poderá ver clássicos como a Mona Lisa e a Vênus de Milo, além da maior coleção de antiguidades egípcias do mundo. Mas não deixe de visitar o Museu Orsay tanto pelo acervo como pelo prédio, um monumento extraordiário. Ah! E não percam o mais novo museu da cidade, o Musée Quai Branly tanto pelo sua arquitetura arrojada como pelas suas obras vindas da Oceania, América Latina e Ásia.No total a cidade oferece aproximadamente 150 museus para todos os gostos, estilos e idades. Dica importante: compre o Paris Museu Pass www.parismuseumpass.com para evitar filas (que podem ser enormes!) e ganhar descontos.

Museu do Louvre

Paris possui uma vasta rede de hotéis. Se você puder se hospedar nos hotéis-palácios ou nos quatro estrelas, eu indico duas opções. A primeira é o maravilhoso Hotel Meurice, que tem sua cozinha comandada pelo chef Yannick Alleno, um dos mais estrelados de Paris. A segunda opção é Bristol, um hotel chique e refinado, que acabou de receber o cobiçado prêmio Luxury City Hotel. Ambos são hotéis tradicionais, possuem uma longa história e viveram momentos importantes do passado francês. Os prefiro aos recém inaugurados hotéis das grandes redes internacionais. Além disso, ambos estão situados ao redor do Jardin des Tuileries, o parque mais bonito da cidade, bem no centro da cidade e uma das áreas mais dinâmicas de Paris. A região fica próxima ao Louvre, da rue Saint Honoré, da Opera Garnier, da Place Vendôme (e seus joalheiros), da place de la Concorde e do centro da gastronomia parisiense, a Place de la Madeleine.

Opera Garnier

Se não puder viver o luxo parisiense no seu esplendor, não fique inquieto. Paris possui muitos hotéis três ou duas estrelas bem situados, confortáveis e limpos. Entre eles gosto Hotel Abbatial Saint Germain (46 boulevard Saint Germain), próximo à Notre Dame, e do Hotel La Manufacture (8 rue Philippe Champagne), perto da place Italie. Este último possui acesso mais difícil, mas o indico porque tem os quartos e os banheiros completamente renovados.

Como já disse, o melhor meio de locomoção em Paris são os pés. Outra opção são as bicicletas: aqui temos o maravilhoso Velib, um programa que permite o aluguel de uma bicicleta em diversos pontos da cidade, de forma rápida e descomplicada: basta um cartão de crédito.

Temos também o metrô, considerado o melhor do mundo. A rede é ampla, com estações espalhadas praticamente a cada esquina, o que permite que você vá a qualquer ponto da cidade por metrô. Para terminar, a prefeitura de Paris inaugurou, no dia 5 de dezembro 2011, o Autolib, programa de aluguel de carros elétricos. Como o Velib, basta ter um cartão de crédito, uma carteira de motorista e pronto. Nos vários pontos da cidade, você aluga um carro na hora: basta seguir as instruções das telas!

Metrô de Paris

Para finalizar, a cidade é um paraíso para quem gosta de aproveitar as viagens para ir às compras. Você vai encontrar das famosas grifes francesas (Chanel, Dior, Louis Vuitton) às redes de fastfashion (Zara, H&M, Mango), tudo com preços bem mais acessíveis do que no Brasil. Não se esqueça também dos cosméticos e das maquiagens! Tudo isso pode ser encontrado sem grandes esforços nos grandes magasins, como as Galerias Lafayette e o Printemps.

Galeria Lafayette

Quantos dias você precisa para fazer tudo isso? Bem, pelo menos 4 dias, para começar! Mas mesmo se você passar a vida inteira em Paris, como eu, você vai se surpreender com novas e constantes descobertas. E, se possível, visite a cidade na primavera ou no outono para fugir do frio intenso no inverno e da avalanche de turistas do verão.

DICA

Se estiver procurando passagens para Paris, visite o portal do Zupper Viagens ou fale com nossos consultores.

Links externos

www.ratp.fr
http://br.franceguide.com

Paris

Um Comentario

Paris é mesmo fascinante! Cada ruazinha, cada cantinho da capital francesa tem um charme que não se encontra em qualquer lugar!

Adoramos as dicas! O Paris Pass é mesmo a melhor maneira de conhecer a cidade. Quem precisar de ajuda para planejar uma viagem de trem pela Europa, pode falar com a gente também. Ah, também temos o Paris Pass disponível para compra on line em nosso site. 😉

Rail Europe Conexão

Feito por Rail Europe Conexão — June 12, 2012 @ 7:53 pm



RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Comente aqui

Pergunta de Segurança (CAPTCHA) *

    Destinos mais procurados

  1. Saiba aqui o que Buenos Aires tem de “tan querida”
  2. Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) – New York
  3. Dicas de como preparar sua bagagem de mão em uma viagem internacional de longa duração
  4. Conheça a cidade de Londres
  5. Fortaleza, Ceará
  6. Lugares para curtir a neve em Julho