Zupper dicas para viajar com crianças

O feriado do dia das crianças está chegando e está na hora de preparar as malas para viajar com os pimpolhos.

Como já se sabe, viajar com os pequenos exige alguns cuidados a mais. Alguns detalhes que devemos nos atentar. Portanto, o Zuppy deu uma vasculhada na internet, conversou com algumas mamães viajantes, pesquisou alguns blogs de viagem, e logo abaixo ele vai listar alguns itens aos quais os genitores devem se atentar.

Planejamento

Escolha um destino que tenha atrações para crianças que condizem com a faixa etária de seus filhos. Dessa forma será possível garantir o divertimento das crianças e a tranquilidade dos pais.

Caso o objetivo da viagem seja aproveitar o hotel, opte por um que apresente uma programação própria para as crianças e serviço de assistência enquanto vocês, papais, podem curtir também um pouco as dependências desse hotel.

Atente-se para o quarto que você vai reservar. Alguns hotéis podem admitir mais de 2 pessoas no quarto, mas camas extras e berços deverão ser reservados. E como a procura pode ser grande, reservar com antecedência vai evitar algumas dores de cabeça quando chegar ao hotel.

Quando escolher o seu voo, prefira horários em que as crianças estão mais tranquilas. Para trechos longos, o ideal seria que eles fossem realizados em horários que as crianças costumam dormir. Como os pais gostam de dizer, elas acabam encurtando a viagem dessa forma.

Pesquise quais são os documentos que a criança deverá ter para poder viajar. Em alguns casos a certidão de nascimento é suficiente, em outros – viagens internacionais – pode ser necessário a apresentação do passaporte do pequeno ou até mesmo uma autorização judicial de um dos genitores que pode não estar presente. Essa prévia pesquisa pode evitar problemas na hora do embarque.

Vacinas também podem ser requisitadas para alguns destinos. E pode existir um período de incubação antes do embarque, que deverá ser respeitado.

Malas

Uma prévia pesquisa do destino vai indicar o tipo de roupa você deve colocar na mala. Principalmente na mala do seu filho. Roupas adequadas a temperatura do destino podem evitar alguns problemas de saúde. Se quiserem visitar um destino de praia, protetor solar de alto fator bloqueador não
poderá faltar em sua mala.

Mas lembre-se de levar apenas o essencial em uma viagem desse tipo. Pois a atenção deve estar voltada às crianças. E compartilhá-la entre malas e crianças é uma tarefa difícil. A única coisa que não poderá ser dispensada é o famoso kit de primeiros socorros com medicamentos habituais recomendados pelo pediatra.

Aeroporto

Seria aconselhável chegar ao aeroporto com um certo tempo de antecedência para fazer o procedimento de check-in com calma. Se você não reservou os assentos previamente, poderá fazê-lo com, provavelmente, mais opções disponíveis.

Se for necessário levar algum medicamento, lembre-se que no controle de bagagem de mão do aeroporto, pode ser solicitado a você a prescrição médica do mesmo, caso você tenha que levá-lo na bagagem de mão.

Avião

Uma dica de algumas mamães é, no momento de decolagem e aterrisagem, dar alguma coisa para a criança mastigar. O movimento da mastigação faz com que a mesma não sofra a sensação de ficar com os ouvidos tampados ou doloridos. A velha chupeta, a amamentação ou mesmo uma simples goma de mascar, serão boas pedidas.

Outro desconforto que pode surgir é a náusea provocada por movimentos do avião. Nesse caso, previna a situação com uma alimentação prévia leve e em quantidades menores. Se a criança estiver acostumada e sob a autorização do médico, um medicamento também poderá ajudar.

Algumas companhias aéreas não oferecem lanche durante os voos. Isso acontecerá provavelmente em trechos domésticos e de bem curta duração. Nesse caso, vale levar um lanchinho na mala de mão. Atente-se apenas a restrição de líquidos no controle de bagagem de mão. Se exigências assim existirem para o tipo de viagem que vai realizar, você pode levar dentro dos limites da medida permitida ou deixar para comprar alguma coisa na própria sala de embarque. Alguns aeroportos tem estruturas de alimentação nessa área.

Se o seu voo oferecer alimentação, saiba que existem companhias aéreas que oferecem alimentação diferenciada para crianças. Nesse caso, basta entrar em contato com a companhia e solicitar a alimentação desejada, antes do dia da sua viagem.

Lembre-se que dentro do avião o ar condicionado pode causar frio nas crianças, portanto leve algum casaco para que elas se sintam mais confortáveis, ou ainda alguma troca extra caso algum acidente aconteça na hora das refeições.

O mesmo ar condicionado pode ressecar o nariz internamente. E levar algum tipo de soro nasal, pode deixá-la mais confortável. Mas tal ação só poderá ser tomada com o consentimento do pediatra, bem como a sugestão do tipo de medicamento.

Existe ainda, infelizmente, a possibilidade de extravio de malas. E aqui, aquela troca extra, bem como itens de extrema urgência como fraldas a mais, podem salvá-la de algumas situações de emergência.

Essas são apenas algumas dicas que o Zuppy ouviu de mamães e papais e quis compartilhar com vocês. Se souberem de mais alguma dica interessante, não se acanhe. Compartilhe conosco nos comentários desse post.

Sugerimos ainda a leitura de blogs escritos por mamães e papais viajantes como:

Viajando com Pimpolhos
A Janela Laranja
Aprendiz de Viajante
Blog Colagem

A Família Zupper deseja a todos uma Zupper Viagem nesse próximo feriado! E se ainda não comprou suas passagens, dê uma pesquisada no Zupper Viagens. Você pode encontrar o seu próximo destino.

Passagem Aerea

Seja o primeiro a comentar

Ninguem comentou ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Comente aqui

Pergunta de Segurança (CAPTCHA) *

    Destinos mais procurados

  1. Saiba aqui o que Buenos Aires tem de “tan querida”
  2. Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) – New York
  3. Dicas de como preparar sua bagagem de mão em uma viagem internacional de longa duração
  4. Conheça a cidade de Londres
  5. Fortaleza, Ceará
  6. Lugares para curtir a neve em Julho